Código: 340

CAPITU E A MULHER FATAL

Bookmark and Share

Referência: 8586372609


Por:
R$ 25,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 8,33
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

CAPITU E A MULHER FATAL
Análise da presença francesa em Dom
Casmurro

GILBERTO PINHEIRO PASSOS
104 págs

O estudo que o leitor tem em mãos retoma a análise e interpretação do Dom Casmurro, de Machado de Assis. Especialmente a interrogação centenária sobre o enigma de Capitu, ré e vítima, que permanece assim na cultura brasileira letrada.Essa Capitolina, “olhos de ressaca” e de “cigana oblíqua e dissimulada”, é observada, cuidadosamente, pelas lentes francesas do romance romântico/realista, além das do Shakespeare de Otelo, em opressão, psicopatologia cotidiana e ciúme, como encarnação da mulher fatal. Porém, a mulher fatal matreiramente adaptada por Machado de Assis ao “tamanho fluminense” do Brasil do dezenove.

A mulher fatal não mais cortesã e devoradora de homens, senão que, vizinha pobre e deserdada, deslocada para dentro da família patriarcal, rica, burguesa e católica do Rio de Janeiro. Devidamente abrasileirada, personagem e simulacro, a viver uma pequena tragédia suburbana,
verdadeira e sombria, construída numa relação afetiva e de classe social, que muito sugere do Brasil escravista e periférico.Todos sabemos que Machado de Assis foi um grande leitor e tinha predileção pela língua e pela literatura francesas. Há anos, o prof. Gilberto Pinheiro Passos, especialista em ambas e machadiano de quatro costados, arregaçou as mangas e pôs-se a pesquisar, exaustivamente, e com inteligência e sensibilidade incomuns, o influxo francês nos romances maduros de Machado. Ele já pesquisou e publicou os resultados que obteve sobre Esaú e Jacó, Memorial de Aires, Memórias póstumas de Brás Cubas e Quincas Borba.

Faltava o Dom Casmurro, que sai agora com o selo da Nankin Editorial, completando esse ciclo. É Bento Santiago e sua mulher fatal Capitu, em parte vindos da França e maliciosamente filtrados pela astúcia machadiana, armados em livro desafiador, a revelarem faces e problemas do Brasil arcaico-moderno, que perdura até hoje.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características