Código: 284

Consumo e abastecimento na História

Bookmark and Share

Referência: 978-85-7939-081-4


Por:
R$ 70,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 23,33
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Consumo e abastecimento na História

Consumo e abastecimento na História é uma coletânea de textos para todos aqueles que conseguem perceber aspectos interessantes em um ato trivial quanto o de consumir.

O corriqueiro não é um objeto fácil de ser observado. Ele é o vivido despercebido, um ambiente aparentemente  seguro, no qual se transita diariamente sem se notar as armadilhas das conversões, as necessidades inventadas, os interesses de grupos, os enraizamentos culturais que muitas vezes conectam tempos e civilizações.

Das cidades antigas como Salvador ou São Paulo no século XVIII, as ordens e as burocracia municipis asseguram o consumo de alimentos de populações civis e exércitos. Os sistemas de abastecimento dos gêneros básicos à vida, consolidados em rostas antigas de caminhos ou improvisados ao sabor do avanço dos processos de ocupação e colonização de territórios, foram um dos vários pilates de sustentação dos Impérios antigos e modernos.

Os objetos e insígnias militares também foram alvo do desejo dos sistemas de governo aos cidadãos comuns. Uma necessidade de afirmação da soberania dos estados, de grupos ou garantia da ordem pública? Ou seria ainda uma atualização ininterrupta de um remoto imaginário bélico e valente, cantado e escrito por escritores medievais lidos ou ouvidos por homens continentes?

Em tempos de terras ainda por serem encontrada, poucas letras e muitas viagens, os textos foram valioso objeto de consumo. Muitas vezes era através deles que se tomava conhecimento de outros lugares e povos, que muito tinha a oferecer a uma Europa em crise, mas muito para se temer e se vangloriar.

O turismo hoje, como um dos principais negócios e objetos de consumo, não faz uso de certas imagens que animaram os homens da época moderna a arriscarem suas vidas em mares e lugares distantes? Os paraísos de momento, o maravilhoso, o exótico o diferente, a aventura, a abundância de comida ainda são motores de ambições de consumo.

Sobre as autoras: Margarida Maria de Carvalho é professora de História Antiga na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Unesp e Pesquisadora do Núcleo de Estudos estratégicos (NEE) da Unicamp.

Denise Aparecida Soares Moura é professora de História do Brasil na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Unesp.

Maria-Aparecida Lopes é professora assistente na Califórnia State University, em Fresno.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características