Código: 298

Marxismo

Bookmark and Share

Referência: 978-85-7939-112-5


Por:
R$ 68,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 22,67
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Marxismo
Teoria, História e Política

De que maneira o marxismo pode contribuir para a análise da sociedade contemporânea?


O livro Marximo: teoria, história e política reúne uma série de textos que se propõem a debater essa questão. Recorrendo a enfoques e tratando de temas bastante diversificados, os artigos compreendidos nesta coletânea têm em comum a ambição de discutir a atualidade da teoria marxista. Essa discussão é feita tanto través do exame da obra dos clássicos do marxismo, como Marx e Lênin, como através de estudos de caso que buscam articular teoria e empiria, explicando a prática política e  as relações sociais a partir de categorias marxistas.


Tendo como ponto de partida esse referencial, os autores analisam os movimentos sociais na Europa e na América Latina, o governo Lula e o contexto político latino-americano atual, as novas formas que o capitalismo se vale para explorar e expropriar os trabalhadores, a expansão da mercantilização, o papel da informação na geração do valor, o cinema como mercadoria, a democracia operária e a transição ao socialismo. Um especial destaque é dado à produção teórica do marxismo latino-americano, enfatizando seus limites e suas contribuições.


Não se trata, porém, de um livro fechado em si mesmo. Os autores dialogam com outras perspectivas teóricas, como a teoria das elites, a obra de Bourdieu e as teorias da ação coletiva. Apresentam novos conceitos, como o capital-informação e as rendas informacionais. A questão das classes sociais percorre a maior parte dos trabalhos, sejam os que tratam do Estado, sejam aqueles que abordam mais diretamente a luta de classes. A discussão das classes não se resume à dicotomia burguesia versus proletariado, havendo lugar para as classes médias, para o campesinato e as lutas camponesas hoje. A luta de classes não se restringe à dimensão política e às resistências ao capitalismo em sua fase neoliberal, mas se estende à esfera cultural. Por fim, as análises não têm como foco apenas as condições nas quais o capitalismo se reproduz e se transforma, mas tratam também das possibilidades, sempre renovadas, de sua superação.
Andréia Galvão

Sobre os Orgs: Paula Marcelino é professora do Departamento de Sociologia da USP; Luciana Aliaga é professora Ciências Sociais da UFT; Henrique Amorim é professor do Departamento de Ciências Sociais da UNIFESP.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características