Código: 1428

PRÉ - VENDA - José Ibrahim - O líder da primeira grande greve que afrontou a ditadura. Mazé Torquato Chotil (Envio a partir do dia 29/04/2018)

Bookmark and Share

Marca: Alameda Editorial Disponibilidade: Imediata Referência: 9788579395451


Por:
R$ 52,00

ou 3x de R$ 17,33 sem Tarifa
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

A biografia do líder da greve de Osasco de 1968, José Ibrahim. 


"José Ibrahim, coerente com seu passado de enfrentamento ao regime militar, contra quem teve papel destacado na organização das primeiras greves em 1968, muito contribuiu para o processo que resultou na formação da CUT - Central Única dos Trabalhadores e do PT - Partido dos Trabalhadores, vindo posteriormente a optar por outros caminhos sindicais e partidários. Assim que retornou do exílio de longos dez anos, somou conosco em inúmeras paralisações, manifestações e protestos nos 1º de Maio. Como presidente da CSI - Confederação Sindical Internacional, posso atestar que seu nome faz parte da bela trajetória de lutas e conquistas do sindicalismo brasileiro e mundial."
João Antônio Felício, Presidente da CSI em 2017 e da CUT de 1997 à 1999.


"A greve de Osasco, embora ainda tenha sido o último movimento de resistência ao golpe e não a abertura de um novo ciclo de ascenso, despertou em nós muitas esperanças de uma retomada de lutas. Quando foi discutida a lista dos presos a serem trocados pelo embaixador Charles Elbrick, seu nome foi dos primeiros a serem lembrados."
Cid Benjamin, participou do sequestro do embaixador norte-americano. Foi preso e exilado.


Se não houvesse Osasco de 1968, não haveria o ABC de 1978. Sinalizamos um caminho que o movimento sindical tinha que brigar pela resistência contra a ditadura, pela democracia. Esse foi o grande legado. Tanto é que durante todo o período da resistência a grande referência era a greve de Osasco e acho que hoje, para muita gente dentro do movimento sindical, a greve de Osasco é o grande marco.

José Ibrahim

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características