Código: 1164

RÉUS DE BATINA

Bookmark and Share

Marca: Alameda Referência: 978-85-793-9491-1


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

“A evitar pecados esse clero não veio”.

 

A queixa do jesuíta Manuel da Nóbrega, ainda nos idos de 1553, não é de toda verdadeira. Houve, é certo, diversos padres que foram exímios transgressores, cometendo todo tipo de delito, mas também outros que integraram o Tribunal de vigilância religiosa e moral. É entre esses dois extremos que Pollyanna Mendonça Muniz procura compreender o desafio que foi erigir o bispado do Maranhão e quanto a Justiça Eclesiástica teve de participação nesta empreitada. Um bispado, como demonstra a autora, que se interessou mais por vigiar que pela ação pastoral.

O resultado dessa pesquisa é uma obra original e uma leitura renovada em prosa fluente acerca da Justiça Eclesiástica e do clero no século XVIII. Réus de Batina é História das que melhor se pode fazer nos dias de hoje.

 

Yllan de Mattos, UFRRJ

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características