Código: 1128

Por onde andará Machado de Assis

Bookmark and Share

Referência: 85-86372-73-0


Por:
R$ 32,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 10,67
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Uma investigação original sobre Esaú e Jacó, de Machado de Assis, num texto que é romance e ensaio

Por onde andará Machado de Assis?, de Ayrton Marcondes, é um romance/ensaio que busca estabelecer diálogo com a obra de Machado de Assis através das personagens de Esaú e Jacó. Decorridos 100 anos desde a publicação do livro de Machado, sobre ele se sobrepuseram várias vertentes de análise invariavelmente ligadas aos perfis críticos adotados em cada época.

Em Por onde andará Machado de Assis?, essas linhas de pesquisa são retomadas, fundindo-se num só trabalho análises de contemporâneos de Machado, como José Veríssimo, biógrafos como Lúcia Miguel Pereira e estudiosos mais recentes como Alfredo Bosi, entre outros.

Partindo dessa premissa, o livro recompõe detalhadamente a cidade do Rio de Janeiro, flagrada em fins do século XIX e inícios do século XX. Para esse ambiente, onde se moveram o Conselheiro Aires e o próprio Machado de Assis, é enviado um detetive de narrativas – um padre – cuja missão é encontrar as personagens de Esaú e Jacó, para com elas estabelecer um diálogo. Munido de ecos da posteridade de que foi enviado, o padre circulará por um mundo desfeito, equilibrando-se entre o real e o imaginário.

Durante esta travessia, cheia de imprevistos, poderão, o padre – assim como o leitor de Machado por ele representado – traçar paralelos entre o texto machadiano e as interpretações que sobre ele se apuseram ao longo de todo um século.

Embora Por onde andará Machado de Assis? se ocupe de Esaú e Jacó, não se faz necessária a leitura prévia deste último para a sua compreensão. Ao abarcar não só este, mas outros textos machadianos, a obra de Ayrton Marcondes insere-se no vasto contexto de trabalhos sobre Machado de Assis que ultimamente têm despertado a atenção de críticos e do público em geral.

Ao optar pela forma de romance, sem contudo se descurar da exatidão quanto a locações e idéias desenvolvidas, pretendeu o autor poupar ao leitor os rigores dos trabalhos acadêmicos com suas inevitáveis citações. Desta premissa resultou uma narrativa instigante cujo objetivo é integrar o leitor contemporâneo ao mundo de Machado de Assis.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características